Leite alternativo (15 receitas)

Leite alternativo (15 receitas)

0 Flares 0 Flares ×

Leite alternativo, o que é e como fazer!

Como já podem ter lido aqui no Delicadelas, euzinha tenho intolerância severa à lactose, por isso desde que soube desse meu pequeno, grande problema que tenho investigado bastante sobre leite alternativo ao de vaca!

Você não precisa de ser intolerante à lactose ou ao leite de vaca para experimentar estas receitas que aqui irei divulgar. Uma alimentação diversificada ou mesmo curiosidade em experimentar outros sabores pode a levar a experimentar esses leites que aqui irei divulgar as receitas.

Em qualquer supermercado você já encontra com facilidade leite alternativo, mas o que acha de os fazer em casa?!

Sabia que, muitos cereais e praticamente todas as oleaginosas podem ser reduzidas a leite?

Amêndoas, avelãs, nozes, quinoa, arroz, soja… enfim uma infinidade…

Ficam aqui 15 receitas de leite alternativo!

Leite de castanha-de-caju

Deixe um copo de castanhas de caju de molho por oito horas. Depois bata as castanhas com 3 copos de água e de seguida coe bem.

Leite de linhaça

Deixe um copo de linhaça de molho por 8 horas. Depois bata a linhaça com 4 copos de água e coe cerca de três vezes. Pode fazer o leite de linhaça com água de coco ao invés de água normal.

Leite de arroz

Deixe duas xicaras de arroz de molho por 8 horas. Depois coloque o arroz com a água do molho no liquidificador e bata por 3 a 4 minutos. Depois leve ao fogo com a restante água e deixe apenas levantar fervura e coe numa peneira fina. Pode aromatizar o leite com essência de baunilha e canela que fica delicioso.

Leite de amendoim

O amendoim utilizado deve ser sem sal e sem casca. Deixe de molho um copo de grãos de amendoim. Após mais ou menos 8 horas, bata no liquidificador o amendoim com três a quatro copos de água. Coe cerca de cinco vezes. O amendoim é o leite que mais deixa resíduos.

Leite de nozes

Deixe as nozes de molho por 8 horas. Um copo repleto de nozes batidas com dois copos de água bata bem no liquidificador. Por fim coe muito bem.

Leite de quinoa

Ferva 2 colheres de sopa de quinoa em grão por 5 a 10 minutos. Jogue a água fora. Volte a colocar 250 ml de água. Espere levantar fervura e desligue depois bata tudo no liquidificador e por fim coe bem.

Se for quinoa em flocos: Deixe 4 colheres de sopa de flocos de quinoa de molho em 2 xicaras de água dentro do liquidificador por 15 minutos e depois bata por 1 minuto. Não precisa coar.

Leite de sementes de abóbora

Um copo de sementes (cruas, sem sal e podem ser com ou sem casca) e deixe de molho por 8 horas. Aqueça 1 litro de água sem passar dos 42 graus. Coloque as sementes e um pouco de água quente no liquidificador até formar uma pasta e depois junte o resto da água aos poucos e bata por mais uns 3 minutos. Retire do liquidificador e coe bem.

Leite de soja

A soja necessita ficar de molho no mínimo seis horas. Após esse período, bata no liquidificador na proporção de um copo do grãos para três de água. Coe em um pano, espremendo bem o bagaço e leve o leite ao fogo até ferver. Após levantar fervura, abaixe o fogo e deixe cozinhando por 30 minutos. Deixe esfriar antes de colocar na geladeira.

Leite de aveia

Separe 2 xicaras de aveia em flocos. Deixe de molho por 30 a 60 minutos. Bata com quatro xicaras de água depois coe muito bem.

Leite de gergelim

Deixe 400g de sementes de gergelim de molho por 1 hora. Depois coloque as sementes no liquidificador e acrescente um litro de água (também pode ser água de coco ao invés de água normal). Bata muito bem e depois coe. O resíduo do gergelim batido pode virar um delicioso queijo de gergelim.

Leite de castanha-do-pará

Deixe um copo de castanhas pré-lavadas de molho por cerca de oito horas. Bata com quatro copos de água. Por ser um leite mais gorduroso, o leite de castanhas precisa ser coado quatro vezes.

Leite de sementes de girassol

As sementes de girassol utilizadas podem ser com ou sem casca. O importante é serem sem sal. Deixe um copo de sementes pré-lavadas imersas em água por 6 horas. Em seguida, bata no liquidificador com três a quatro copos de água (pode também usar água de coco ao invés de água normal). Coe depois tudo muito bem.

Leite de avelãs

Deixe de molho uma xicara de avelas durante a noite. Depois coloque as avelãs no liquidificador junto com 500ml de água e 2 tâmaras ou uma colher de chá de essência de baunilha. Bata e depois coe muito bem.

Leite de amêndoas

Coloque 1 xicara de amêndoas cruas de molho por 12 horas. Depois coloque as amêndoas no liquidificador e bata com 7 xicaras de água e 3 tâmaras sem caroço ou uma colher de sopa de essência de baunilha. Por fim coe bem.

Leite de coco

Aqueça 3 xicaras de água quando começar a ferver, desligue o fogo. Em um liquidificador bata 200g de coco ralado fresco com a água quente por 2 minutos. Coe e esprema para extrair todo o líquido. Deixe esfriar e conserve na geladeira.

Notas importantes, para a confeção deste tipo de leites:

  • Para coar o leite use uma peneira fina ou um pano separando sempre o bagaço a cada vez que coar.
  • Lave bem os grãos antes de começar o processo de fabricação de leite vegetal.
  • Conserve o leite feito na geladeira em recipientes fechados e higienizados.
  • Todo o resíduo poderá ser reaproveitado em sopas, mingaus, assados ou na confecção de patés, pães e tortas, entre outros. O resíduo do leite de soja terá de ser cozinhado antes de ser reutilizado.
  • Utilizar sempre agua mineral ou filtrada no preparo do leite vegetal.
  • Você poderá controlar a intensidade do sabor do leite adicionando mais ou menos água. Para um sabor mais intenso adicione menos água, para menos intenso adicione mais água.
  • Descarte sempre a água em que deixou de molho as sementes ou cereais (a não ser que a receita indique o contrário).
  • Para obter uma consistência homogênea, os leites vegetais necessitam ser coados de três a quatro vezes em peneira fina ou pano macio. Coe, separe o bagaço e volte a coar sucessivamente.
  • Conserve sempre o leite na geladeira e se precisar aquecer, não deixe ferver, pois podem talhar.
  • Se utilizar sementes oleaginosas na preparação do leite então deixe de molho na geladeira.
  • Pode substituir um pouquinho da água utilizada na preparação do leite vegetal por Rejuvelac e fazer um leite ainda mais nutritivo e saudável.
  • Se for do seu agrado aromatize o seu leite com canela, baunilha, noz moscada, cardamomo, pimenta, entre outros, e para adoçar faça com stévia.

Espero que tenha gostado das variedades de receitas de leite que você pode fazer!

O meu leite vegetal preferido é sem dúvida o de amêndoas e o vosso qual é?

Aproveito para deixar aqui os links de algumas máquinas para fazer leite vegetal:

  1. Midzu
  2. Soyquick
  3. Chufamix

Vai gostar de ler:

Imagem de destaque retirada do site delicooks.com

Bye, bye

Delicadelas, porque há segredos que se contam!

4
0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Email 0 0 Flares ×
kakum

É uma mulher como qualquer outra, simples, criativa, que adora moda e decoração e tem uma preocupação especial com a saúde e beleza. Quer ter um espaço para puder partilhar vários assuntos relacionados com esses temas e poder trocar experiências com as suas leitoras.

1 comentário

  1. Jussara Testi - 16/12/2014

    Adorei, vou fazer.

Comentar