Chulé – Pés cheirosos com chá preto

Chulé – Pés cheirosos com chá preto

0 Flares 0 Flares ×

Haverá algo mais constrangedor do que estar descontraido na casa de amigos retirar o sapato e vir aquele odor a chulé, que qualquer um não tem como não fazer cara feia?

Bom mas para que isso não aconteça aqui fica a dica do chá preto.

O chulé tem esse nome engraçado mas cientificamente é chamado de bromidose plantar e a causa é o excessivo suor na planta dos pés.

É importante antes de mais você lavar os pés! Claro né?! Mas pronto de qualquer modo fica a lembrança.

Depois usar um bom desodorante de pés e ter atenção de usar meias de algodão e não usar as mesmas dois dias seguidos.

Lembrar de expor os sapatos ao sol após o seu uso e evitar alguns materias de calçado como borracha e plástico que aumentam a transpiração.

Por fim se você faz de tudo mas mesmo assim aquele odor a chulé teima em não passar é porque provavelmente você transpira de mais dos seus pés o que vai provocar um acumulo de bactérias e fungos que provocam o cheiro a chulé.

Mas esse problema e contrangimento que o chulé provoca vai desaparecer com esta sugestão do Dr. Oz.

É muito prática e simples. Querem ver?

Todos os dias mergulhe os pés em chá preto durante cerca de 30 minutos.

Os taninos presentes no chá preto eliminam as bactérias e fungos que dão origem ao chulé e reduzem a transpiração. E pode incrementar juntando 2 ou 3 gotas de óleo de menta.

É bom ter atenção que se você sofre de excessivo suor este problema pode estar relacionado com doenças como a diabetes, obesidade e hipertireoidismo.

Por isso fique atenta!

Clique aqui para saber como manter os seus pés hidratados e macios!

Bye, bye

Delicadelas, porque há segredos que se contam!

11
0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Email 0 0 Flares ×
kakum

É uma mulher como qualquer outra, simples, criativa, que adora moda e decoração e tem uma preocupação especial com a saúde e beleza. Quer ter um espaço para puder partilhar vários assuntos relacionados com esses temas e poder trocar experiências com as suas leitoras.

Comentar